terça-feira, 2 de setembro de 2008

Desvio

O olho desvia,
O olhar inebria.
Na pele, o calafrio.
Sabor de redemoinho
Nos lábios contidos.
Labirinto explícito
A escandalizar.
A distância disfarça
O que de perto
Se escancara
Sem que possamos
Controlar.


.

2 comentários:

Marilia disse...

imagino de onde veio a inspiração pra esse..
e belos poemas! de verdade..
beijos! se cuide

Thalita Castello Branco, disse...

Interessante é que seduzir, no íntimo do vocábulo, significa desviar.